Xaile morno para dias frios

Wednesday, September 12, 2007 | 1 Comments



"Em palco três cantoras/instrumentistas, donas de pessoalíssimas vozes e personalidades, acompanhadas por um grupo de músicos e por múltiplos recursos audiovisuais, num contexto performativo cheio de festa e de mistério, de força e de sentimento, com uma linguagem poética e musical totalmente portuguesa porém totalmente contemporânea, magia da música e da terra, beleza que não só parece mas é.

“Enquanto se sonha que se é
Para ser-se o que se sonha
”XAILE “
Naveguei por sete mares
Naveguei, naveguei
Naufraguei nesta saudade
Renasci e voltei…”

Este pedaço de um verso de uma canção do repertório de XAILE define, na sua essência, a atitude e a energia deste projecto musical português contemporâneo: etno-cultural na sua raiz e na sua consciência, lúdico na sua forma e na sua espectacularidade, popular nos processos de comunicação e na abrangência do seu espírito.

in "Espanta Espiritos- Produção de Espectáculos" (http://www.espantaespiritos.com/)



IRRESISTÍVEIS!!!

1 comentários:

Chihiro said...

oiço e oiço e oiço, como se o ouvir daqui embalasse qualquer coisa que teima em doer por dentro.
Aconteceu secar-me a boca e a palavra nestes dias, encho-me de música como os buracos cavernosos das rochas se enchem da espuma branda do mar.

About

Mei and Arawn