Happy Halloween!

Friday, October 31, 2008 | 0 Comments

I love our kinky way :*

A Minha Agenda!

Thursday, October 30, 2008 | 2 Comments

Qual PDA qual quê... Eu sou fã do velhinho filofax e dos mapas mentais coloridos... digam o que quiserem. Safa-me sempre na hora em que o pc "crasha" ou o telemóvel esvai a bateria. E está lá tudinho. Reuniões, planos, rabiscos, calendário, apontamentos, desenhos, rabiscos, contas da casa, contactos, histórico das despesas, rabiscos, listas de "afazeres" (muito mais giro do que "To Do" List)... enfim, o meu é assim, em pele preta, velhinho (com uns belos 10 anitos) e renova as suas vestes todos os anos com o novo calendário.

Não tinha mais nada para vir aqui falar hoje! E não vos queria maçar de novo com trabalho e com os meus horários de 19h diárias. Porque está-se bem! :D com muita genica!

Curtinhas: Just Tired

Monday, October 27, 2008 | 6 Comments





Alguém dá à corda por favor? :)

Curtas: Malabarismos

Monday, October 27, 2008 | 3 Comments

Nestas últimas semanas é assim que me tenho sentido... na esperança de pelo menos manter a graciosidade já que a produtividade está ao máximo. Parabéns a nós! Tem sido uma grande e maravilhosa aventura!

Working Late... Long Night

Sunday, October 26, 2008 | 1 Comments



Have a pink hottie weekend!

Saturday, October 25, 2008 | 0 Comments

Já que nós não podemos ter, vinguem-se por nós. Kiss!

Sometimes work really overwhelm us

Saturday, October 25, 2008 | 1 Comments

Afternoon Gifts: Happy

Thursday, October 23, 2008 | 1 Comments

Mazzy Star - Happy

Viva La Vida

Thursday, October 23, 2008 | 0 Comments

Acordei. 14 graus lá fora. Os pardalitos e as duas rolas que nos adoptaram como poiso predilecto para os seus banhos matinais já estão no meu terraço a fazer o chinfrim do costume e a banhar-se na água da rega dos bambus. Hoje dormi umas belas 10h! Desde o tempo em que ouvia o Vitinho que não fazia isto. Wwwoowww!!! Acordei com uma genica capaz de fazer a maratona daqui até à Baixa da Banheira! Pelo menos! E ia eu pelo Eixo Norte-Sul a ouvir esta música e senti-me a flutuar. A sério, senti-me mesmo, mesmo bem... pela janela entrava o vento frio deste outono recém chegado, a arrepiar caminho pela minha espinha abaixo, e nesta manhã solarenga senti uma coisa fantástica: senti-me viva! Eu sei que todos os dias sentem isso mas não estraguem a minha felicidade, vá! E o que é mesmo bom é que para me sentir rainha do mundo não tive de sacrificar as minhas tropas nem ser solitariamente coroada como o da história da música. (a scrolling box abaixo com a letrinha dos coldplay está muito catita não acham?)
Cá fica, Viva la Vida, dos Coldplay.



Tardes de Chuva e Chocolate

Wednesday, October 22, 2008 | 1 Comments

Está aí o Inverno. Parece mesmo que chegou hoje, trazido à boleia por um vento forte e um pingo certeiro na moleirinha, caído de um beiral traiçoeiro. O nome deste post ainda por cima é título de um dos meus actuais livros de cabeceira, bem bom por sinal e com uma capa catitérrima da autora Amalia Decker Márquez, jornalista e escritora que participou na guerrilha de Che Guevara na Bolívia, exilada no México aos 17 anos e deputada, blá, blá blá... Mas não era disso que queria falar! Eu quero é falar da chuva. Do friozinho nos pés. Das escalfetas. Das botijas de água quente. Não, arrgghhh! Também não era bem isto. Retomando... parece que vem aí o Inverno, Iuupppyy! Eu gosto do Inverno. A minha avó dizia que apenas uma alma ensolarada pode gostar do Inverno, porque vê coisas boas e felizes em todo o lado. Pois eu prevejo tardes de muito ronron de manta sobre as pernas, (claro que com a Luna no colo) grandes sonecas ao som do crepitar das brasas, canecas fumegantes de cacau quente daquele mesmo denso e delicioso que me demora quase 40'min a ficar no ponto. Eu prevejo as minhas narinas impregnadas pelo cheirinho de bolinhos de canela acabadinhos de sair do forno.Eu cá sei que vão ser grandes tardes de domingo a analisar cuidadosamente a anatomia do meu rapaz em busca do conhecimento, claro está, porque sou uma mulher de ciência. Prevejo noites intimistas a jogar poker com os amigos e a dizer mal de alguma coisa ou de alguém. Eu prevejo grandes coisas para estas noites frias que se aproximam, meus amigos! Ah sim senhora, podem ir por mim! O Inverno é fixe! (lembram-se do slogan do Marocas!?) Bem, vou ali ver se durmo uma soneca que esta noite encostei à box apenas 1h com tanto trabalhinho que tenho na nossa nova aventura. ;)

Interruptores mágicos

Tuesday, October 21, 2008 | 0 Comments

Eu sei que pareço ligada à corrente 24h por dia. Eu sei que não desligo. Eu sei que sou obstinada e que cego quando tenho pela frente tarefas complicadas, e que não páro enquanto as coisas não estão na ordem. Na minha ordem. 
É mais forte do que eu. Eu sei que devia desligar." Vai para o yoga ou assim", dizes. E tens razão. 
Mas tu sabes onde me desligar. Tu sabes como deslizar esse interruptor mágico com um passo de dança ondulante pela nossa sala, no balanço inebriante da nossa música favorita, no abraço aconchegado sem fim com que enlaças a minha alma exausta. 

(eu sei que já tinha colocado esta música por estas bandas... mas cá fica de novo, é que é mesmo isto!)

Delicatessen - I love the way you break my heart

Anybody seen my Bed!?

Friday, October 17, 2008 | 1 Comments

Ou o meu sofá?

Hard Delivery ;)

Wednesday, October 15, 2008 | 1 Comments

A Crise da Bolsa para Totós

Wednesday, October 15, 2008 | 2 Comments

Em tempos de crise na Bolsa e para quem não percebe muito do tema, aqui fica uma ajudinha...J

«Estava-se no Outono e os Indios de uma reserva americana perguntaram ao novo Chefe se o Inverno iria ser muito rigoroso ou se, pelo contrário, poderia ser mais suave. Tratando-se de um Chefe Indio mas da era moderna, ele não conseguia interpretar os sinais que lhe permitissem prever o tempo, no entanto, para não correr muitos riscos, foi dizendo que sim senhor, deveriam estar preparados e cortar a lenha suficiente para aguentar um Inverno frio.

Mas como também era um lider prático e preocupado, alguns dias depois teve uma ideia. Dirigiu-se à cabine telefónica pública, ligou para o Serviço Meteorológico Nacional e perguntou: "O próximo Inverno vai ser frio?" -"Parece que na realidade este Inverno vai ser mesmo frio" respondeu o meteorologista de serviço.

O Chefe voltou para o seu povo e mandou que cortassem mais lenha. Uma semana mais tarde, voltou a falar para o Serviço Meteorológico: "Vai ser um Inverno muito frio?" "Sim," responderam novamente do outro lado, "O Inverno vai ser mesmo muito frio".

Mais uma vez o Chefe voltou para o seu povo e mandou que apanhassem toda a lenha que pudessem sem desperdiçar sequer as pequenas cavacas. Duas semanas mais tarde voltou a falar para o Serviço Meteorológico Nacional: "Vocês têm a certeza que este Inverno vai ser mesmo muito frio?" "Absolutamente" respondeu o homem "Vai ser um dos Invernos mais frios de sempre."

"Como podem ter tanto a certeza?" perguntou o Chefe. O meteorologista respondeu "Os Indios estão a aprovisionar lenha que parecem uns doidos."

É assim que funciona o mercado de acções.»


What is my day going to look like?
What will my tomorrow bring me?
If I had x-ray eyes, I could see inside
I wouldn't have to predict the future

I wish that you would do with some talking
How else am I to know what you're thinking?
If only people would say what it really was
What it really was
What it really was that they wanted

Tell me where it hurts
To hell with everybody else
All I care about is you and that's the truth
They don't like me; I can tell
But you do, so they can go to hell

Did they ever give you a reason
To believe in something different
If you're looking for love, for what it's worth
I have plenty of it lying around here somewhere

If you are looking for disappointment
You can find it around any corner
In the middle of the night I hold on to you tight
So both of us can feel protected

Tell me where it hurts,
To hell with everybody else.
All I care about is you and that's the truth
They don't like me; yeah I can tell
But you do, so they can go to hell

I've been loved but I didn't know how to feel it
And I've been adored but I don't know if I ever believed it
I've been loved my whole life but I didn't know how to take it
Until you.

So tell me where it hurts
To hell with everybody else
All I care about is you and that's the truth
They don't like me, yeah I can tell
But you do, so they can go to hell
But you do, so they can go to hell

Tell me where it hurts
Tell me where it hurts
Tell me where it hurts now...
Garbage

Smart EV
A despesa com a aquisição de veículos sujeitos a matrícula exclusivamente eléctricos ou movidos a energias renováveis não combustíveis vai passar a ser dedutível à colecta do IRS a partir de 2009, segundo a proposta preliminar do Orçamento do Estado que saiu da reunião do Conselho de Ministros do passado fim-de-semana.
Cada dia que passa o nosso bloco de pedra vai sendo aperfeiçoado em forma e em força estrutural: pela persistência, pela partilha de saber e de aprendizagem, pela superação esforçada das derrotas, pelo companheirismo e pelas vitórias que alcançamos juntos. É muito, muito bom ter-vos ao lado.
Nothing can't stop us now, brothers!

Curtas, curtinhas, curtíssimas

Tuesday, October 14, 2008 | 2 Comments

A Crise Americana para Totós
Para quem não entendeu ou não sabe bem o que é ou gerou a crise americana, segue breve relato económico para leigo entender...
É assim:
O Ti Joaquim tem uma tasca, na Vila Carrapato, e decide que vai vender copos "fiados"aos seus leais fregueses, todos bêbados, quase todos desempregados. Porque decide vender a crédito, ele pode aumentar um pouquinho o preço da dose do tintol e da branquinha (a diferença é o preço que os pinguços pagam pelo crédito).
O gerente do banco do Ti Joaquim, um ousado administrador formado em curso muito reconhecido, decide que o livrinho das dívidas da tasca constitui, afinal, um activo recebível, e começa a adiantar dinheiro ao estabelecimento, tendo o "fiado" dos pinguços como garantia.
Uns seis zécutivos de bancos, mais adiante, lastreiam os tais recebíveis do banco, e transformam-nos em CDB, CDO, CCD, UTI, OVNI, SOS ou qualquer outro acrónimo financeiro que ninguém sabe exactamente o que quer dizer.
Esses adicionais instrumentos financeiros alavancam o mercado de capitais e conduzem a operações estruturadas de derivativos, na BM&F, cujo lastro inicial todo mundo desconhece (os tais livrinhos das dívidas do Ti Joaquim).
Esses derivativos estão sendo negociados como se fossem títulos sérios, com fortes garantias reais, nos mercados de 73 países.
Até que alguém descobre que os bêbados da Vila Carrapato não têm dinheiro para pagar as contas, e a tasca do Ti Joaquim vai à falência. E toda a cadeia se f...u.
simples...!!!

Ensino de técnicas de sobrevivência na água a crianças com 6 meses.
Tentem ver até ao fim.
Todas as crianças deviam aprender esta técnica. Afinal é uma questão de sobrevivência. Divulguem pelos vossos amigos:
http://www.childdrowningprevention.com/

Novo Centro de Apoio Psicopedagógico em S. Pedro da Trafaria
Há cerca de duas semanas abriu, em S. Pedro da Trafaria, um Centro de Apoio Psicopedagógico. Tem um ambiente intimista, bonito e descontraído e para além das explicações do 1º ao 12º, acompanhamento psicológico, workshops vários que vão desde as aulas de música à oficina de pintura ou à construção de instrumentos musicais, efectuam ainda trabalhos de revisão literária e processamento de texto. Quem está à frente disto é a Alda Couto, que para além de ser uma excelente escritora é também uma profissional com mais de 15 anos de experiência neste ramo. ;) O Centro chama-se Viagem das Letras e visitem o site se faz favor.

Já conhecem o Magalhães? :)

Um dia na Bolsa...

Missão Impossível: Molennnngarrrrrrrrrrrrrrr...
Depois de uma semana atarefada com as panelas, agora só quero que me mimem como se da Princesa Sissy se tratasse. A agora não vou ser eu a tratar da comidinha mas ela a tratar de mim. Just like this! Enjoy!!!

Don't stress!

Thursday, October 09, 2008 | 1 Comments

Há dias em que tenho de me controlar mesmo para não stressar. Porque eu não me dou ao luxo dessas frescuras. Não posso. Não há tempo para isso. Inspiro, conto até 10. Expiro, conto até 20. Inspiro, conto até 30. Pronto, conto o que for preciso! Raios! Bolas! e outros substitutos polite para palavrões da gíria popular.
O meu reino por um banho de 1h, rodeada de velas e pétalas de rosa. Não é pedir muito, é??? Ou pronto, água quentinha e perfumada pelo meu gel duche preferido também serve lindamente.
Vou fazer aqui um afundanço virtual nesta bonita banheirinha, já que o real só será lá para as tantas da madrugada! Bora lá! Splashhhhh!!!

Falling a sleep with our songs...

Thursday, October 09, 2008 | 1 Comments

Quando o cansaço aperta apetece mesmo ouvir aquelas musiquinhas que nos evocam momentos felizes. O vídeo é marado - parece que andaram a trincar cogumelos mágicos quando o filmaram - mas esta é uma das "nossas" músicas... daquelas que evocam a lânguida redenção dos corpos incandescentes. ;) Deixo-vos, meus amigos, Art of Noise - Moments in Love.

Vamos fazer O Amorrrrrr, muito amorrrrr... ;)

Beauty is all around

Wednesday, October 08, 2008 | 2 Comments

Learning about food beauty and it's secrets...;)

It's a small offer for us ... beep..., but ...beep... a giant gift for the lucky tasters!
Já que falamos de comidinhas boas, aproveito para vos dar a conhecer as boas notícias do novo projecto que estou a lançar juntamente com mais dois sócios, numa lógica empreendedora e claro está, aventureira. O nosso sonho é pôr a malta a comer saudável, muito saboroso e sem pagar os olhos da cara por isso. "Mas são três desejos", dizem vocês e nós esperamos surpreender-vos.
Ora vejam e provem por vocês mesmos já que as provas de degustação começaram hoje e são gratuitamente entregues no vosso local de emprego ou onde preferirem! Se gostarem, inscrevam-se e aos vossos colegas no 2º Piloto que irá decorrer a partir de dia 20 de Outubro.

"Após o sucesso do primeiro piloto, iremos realizar a partir de dia 20 de Outubro o 2º Projecto Piloto Food@Work.

Do 1º Projecto-Piloto retirámos algumas aprendizagens: 1- Optimizamos os nossos processos de tal maneira que vamos mesmo conseguir oferecer aos nossos clientes refeições saudáveis e saborosas a preços até inferiores aos de menus que encontrámos em Shoppings (sim, não foi fácil mas de facto vamos mesmo poder fazê-lo! ;) 2- Concluímos que os nossos clientes ficaram agradados com os nossos pratos simultaneamente saudáveis e que combinam o melhor da cozinha portuguesa com um toque de exotismo; 3 - Tal só foi possível porque conseguimos ir de encontro ao gosto de cada um dos nossos participantes. Graças ao questionário de 200 ingredientes (!) que tiveram de classificar segundo o seu gosto e restricções alimentares, comprovamos que o nosso processo funciona e permite corresponder mesmo aos clientes com paladares mais exigentes.

Então e agora?
Para poder aderir ao 2º Projecto Piloto basta contactar-nos:
Marisa Jamaica - 967320925 ou Vasco Jesus - 919419809

Como funciona:
1.
Num primeiro encontro ficaremos a conhecer os objectivos e gostos dos nossos participantes. Servirá este encontro para explicitar as condições de participação.

2. Depois e durante dez dias úteis (2 semanas), os cerca de 50 clientes-piloto receberão as suas refeições no seu local de emprego ajudando-nos a adequar objectivos, restrições e os seus gostos no caminho da descoberta de novos sabores, ajudando-nos assim a testar as diferentes ementas que teremos para eles.

3. Por fim, cada participante irá registar os seus comentários, opiniões e sugestões num relatório de avaliação, que nos permitirá corrigir, melhorar e adequar melhor o nosso serviço alimentar

4. Os nossos clientes-piloto irão usufruir de condições únicas de adesão ao nosso serviço de alimentação acompanhada. As situações de adesão em grupo terão também descontos e benefícios específicos, analisados caso a caso.

Informamos ainda que iniciámos hoje, dia 06 de Outubro, os nossos testes de produção e que elaboramos juntamente com o nosso Chef uma refeição completa de degustação que iremos entregar gratuitamente ao seu local de emprego para que possa conhecer-nos da melhor forma possível: provando os nossos pratos!"

in http://www.foodatwork.com.pt/


E já agora, a sensação é a de vertigem do arranque, como devem ter tido os primeiros aviadores da história quando iniciaram a subida em direcção aos céus!

Wish us luck ;)

Este sábado fomos conhecer o restaurante japonês Suntory. Fica no Picoas Plaza, em pleno coração da cidade. E é definitivamente um perrrrrfect spot e reter na nossa listinha. A companhia era um luxo - é verdade, os nossos amigos valem-nos estes elogios ;) - e o local é soberbo. No Suntory somos recebidos de forma calorosa e muito agradável, além do espaço respirar sofisticação e bom gosto. Os pratos são delicadamente elaborados, bem apresentados e deliciosos. Nós pedimos umas entradinhas - umas trouxinhas de gambas e outras de frango - umas caipirinhas e mojitos para abrir as hostilidades e depois seguimos com um combinado de sushi e sashimi divinal, um cházinho de jasmim perfumado e umas massas japonesas que estavam igualmente de chorar por mais. As sobremesas aliam arte, receitas contemporâneas e muita gulodice. Cá fica o site que segue o trilho de requinte e boa apresentação e algumas fotos, incluindo a do cantinho acolhedor e privado onde ficámos sentadinhos no chão, em amena cavaqueira pela noite dentro a comer iguarias de além fronteiras.
Onde: Picoas Plaza
Preço médio/pessoa: 30€

Weekender's Gifts

Saturday, October 04, 2008 | 0 Comments

Ontem, do nada, ofereceram-me um bonequinho amoroso feito de balões... não sei bem qual a sua anatomia, espécie ou sequer função. Sei que tem a forma da ternura e da dádiva pura. E soube bem. Soube bem ver o senhor do restaurante chinês a fazê-lo para mim, a combinar as cores com a roupa que eu trazia, e ver um pequeno roedor lilás (é o que parece, um ratinho ou um chiwawa, que vai dar ao mesmo) ganhar forma e vida. Soube bem a percepção de que os pequenos gestos são por vezes as melhores prendas que nos dão.
E não é tudo, porque hoje recebi mais coisinhas bonitas! Eu sei, i'm a bastard lucky girl!
Fomos - eu e o meu rapaz - a uma das nossas lojas preferidas e ele tratou de mim como se fosse uma Pink Punk Princess...;) às vezes sabe mesmo bem deixarmo-nos mimar, mesmo quando somos umas femininistas empedernidas, coisa que afirmo desde já que não sou... mas pronto, o barrete a quem o servir, eheh!!! Vá, depois tiramos umas fotografias!

Cinemania Preview: The Promise

Friday, October 03, 2008 | 2 Comments

De: Chen Kaige
Com: Hiroyuki Sanada, Cecilia Cheung e Jang Dong-kun
Diz-se que The Promise dá cartas na direcção artística, na fotografia, no guarda-roupa; enfim, toda a estética visual do filme parece ser deslumbrante. Diz-se também que peca na construção das personagens. Mas parece-me uma viagem de fantasia que vale a pena fazer. A galeria de fotos no site oficial dá para ter uma ideia do preciosismo estético da fotografia. The Promise é um filme que se aproxima mais do género fantástico e conta-nos a história de uma menina (Qingcheng) que faz um pacto com uma Deusa. O pacto consiste na oferenda de uma vida cheia de riqueza e prestígio em detrimento do amor, já que como consequência, nenhum homem por quem ela se apaixonar poderá viver muito tempo. A menina aceita o pacto e 20 anos mais tarde conhece e apaixona-se por Kunlun – um homem aparentemente banal e de classe social baixa, mas que na verdade pertence a um povo há muito obliterado pelo governante do reino do Norte que também anseia pela beleza e pelo amor de Qingcheng…


Burn After Reading
Realização: Ethan Coen e Joel Coen
Com: Brad Pitt, George Clooney, John Malkovich, Tilda Swinton, Frances McDormand, Richard Jenkins, Lenny Venito
Ontem fui com o príncipe das trevas ao cinema. Era mais uma daquelas noites em que saímos do ginásio em estado de semi-coma depois de uma potente aula de TRX e em que queríamos algo simples: just entretain us, please! E de preferência sentados e sem o mínimo esforço muscular. E bendita a hora, que a película é mesmo das boas. O esforço muscular existiu, sobretudo na zona facial, de tanto rir. Burn After Reading foi realizado pelos manos Coen. Burn After Reading tem mesmo um elenco de arromba e tem mesmo uma portentosa interpretação. Burn After Reading está um luxo de comédia! O príncipio básico da história é que a inteligência é uma coisa relativa. Um ex-agente da CIA (John Malkovich) decide escrever as suas memoires documentando segredos do governo, após ter sido despedido. A sua ex-mulher (Tilda Swinton) decide, durante as partilhas do divórcio, roubar-lhe o disco que contém o único exemplar do manuscrito. Por engano, esse disco cai nas mãos de dois empregados sem escrúpulos que trabalham num ginásio (Brad Pitt e Frances McDormand) e que tencionam explorar ao máximo a sua descoberta, vendendo a informação de forma a poder pagar uma cirurgia plástica. A CIA envia um agente (George Clooney) para resolver o assunto custe o que custar. And on and on, até chegar a um ponto de tão grande salganhada que só conseguem perceber alguma coisa se forem ver! (e porque não queremos ser ending spoilers!)

E acreditem, vocês têm de ir ver isto, nem que seja porque o Brad Pitt está de se lhe tirar o chapéu no papel de um personal trainer com ambições (diga-se, relativas... ihihih) de espião wanna be. Ora, lets look at a trailer:

To Autumn
1
Season of mists and mellow fruitfulness,
Close bosom-friend of the maturing sun;
Conspiring with him how to load and bless
With fruit the vines that round the thatch-eaves run;
To bend with apples the moss'd cottage-trees,
And fill all fruit with ripeness to the core;
To swell the gourd, and plump the hazel shells
With a sweet kernel; to set budding more,
And still more, later flowers for the bees,
Until they think warm days will never cease,
For Summer has o'er-brimm'd their clammy cells.
2
Who hath not seen thee oft amid thy store?
Sometimes whoever seeks abroad may find
Thee sitting careless on a granary floor,
Thy hair soft-lifted by the winnowing wind;
Or on a half-reap'd furrow sound asleep,
Drows'd with the fume of poppies, while thy hook
Spares the next swath and all its twined flowers:
And sometimes like a gleaner thou dost keep
Steady thy laden head across a brook;
Or by a cyder-press, with patient look,
Thou watchest the last oozings hours by hours.
3
Where are the songs of Spring? Ay, where are they?
Think not of them, thou hast thy music too,--
While barred clouds bloom the soft-dying day,
And touch the stubble-plains with rosy hue;
Then in a wailful choir the small gnats mourn
Among the river sallows, borne aloft
Or sinking as the light wind lives or dies;
And full-grown lambs loud bleat from hilly bourn;
Hedge-crickets sing; and now with treble soft
The red-breast whistles from a garden-croft;
And gathering swallows twitter in the skies.


John Keats, 1819
Conta-se a história que Keats não conseguia concentrar-se numa certa noite devido à filha da rendeira que tocava violino. Consumido pela distracção, Keats foi passear pelos campos de Winchester College, deambulando calmamente pelos seus pensamentos. Quando regressou a casa, vinha de tal modo inspirado, que escreveu todo o poema de uma acentada.
O poema tem 3 estrofes de 11 versos que descrevem o sabor, o aspecto e o som do outono. Keats faleceu em 1821, apenas 17 meses depois de ter escrito este maravilhoso poema. Esses últimos meses da vida de Keats foram fabulosamente produtivos, tendo escrito alguns dos seus trabalhos mais importantes como Ode to a Nightingale, Ode on Melancholy e The Fall of Hyperion: A Dream.

Afternoon Gifts: Love story

Thursday, October 02, 2008 | 1 Comments


Há poucos dias perguntaram-nos (novamente! ;) qual o segredo da frescura de um relacionamento que, ao final de quase 18 anos, permanece tão juvenil e quase animado por um pueril apaixonamento. A resposta é tão simples: a nossa história de amor é real, muito melhor que a ficção de mil contos inventados com sofisticação literária, muito mais forte que alguma vez desejamos ou imaginamos que fosse, porque se forja no caldeirão mágico dos dias a sério - de todos os dias! - e da valsa que escolhemos dançar juntos feita das fraquezas, forças, hesitações, certezas, qualidades e dos mil defeitos que aprendemos a amar um no outro.

Falling into Pleasure... with Mylene

Wednesday, October 01, 2008 | 1 Comments

Beauty Sharing

Wednesday, October 01, 2008 | 2 Comments

Tempos houve em que a beleza, por mais extravagante que fosse, era partilhada facilmente, num riso cúmplice, mesmo quando mais ninguém entendia o que ali se passava. Tempos houve em que as palavras, não correspondento tantas vezes nem à verdade nem sequer à sinceridade, embelezavam o dia e tornavam-no mais luminoso. Viver num estado ficcionado de beleza é lindo, mas não chega para fazer sentido... mas confesso que por vezes sinto o coração apertadinho de saudade. Como quando olho para esta fotografia.

About

Mei and Arawn