Vaza-me os olhos

Thursday, February 19, 2009 | 1 Comments

"Vaza-me os olhos: continuarei a ver-te,
tapa-me os ouvidos: continuarei a ouvir-te,
mesmo sem pés chegarei a ti,
mesmo sem boca poderei invocar-te.
decepa-me os braços: poderei abraçar-te
com o coração como se fosse a mão.
Arranca-me o coração: palpitarás no meu cérebro.
E se me incendiares o cérebro,
levar-te-ei ainda no meu sangue."

Rainer Maria Rilke (1875-1926)

Quando li este poema no blog da Sininho confesso que senti muitas coisas ao mesmo tempo e pensei que morrer de amor só pode ser algo parecido com isto... E já lá andei mesmo muito pertinho. Isto será coisa boa? :)

1 comentários:

Xana said...

Morrer de amor? Ai menina, ai ai!
Espero que ainda cá andes mais uns anitos para te apaixonares again and again :D
O poema dá arrepios mas é bem bonito. Bom fds!

About

Mei and Arawn