Quase perfeito

Thursday, November 23, 2006 | 2 Comments

Sabe bem ter-te por perto
Sabe bem tudo tão certo
Sabe bem quando te espero
Sabe bem beber quem quero

Quase que não chegava
A tempo de me deliciar
Quase que não chegava
A horas de te abraçar

Quase que não recebia
A prenda prometida
Quase que não devia
Existir tal companhia
Não me lembras o céu

Nem nada que se pareça
Não me lembras a lua
Nem nada que se escureça
Se um dia me sinto nua
Tomara que a terra estremeça

Que a minha boca na tua
Eu confesso não sai da cabeça
Se um beijo é quase perfeito
Perdidos num rio sem leito

Que dirá se o tempo nos der
O tempo a que temos direito
Se um dia um anjo fizer
A seta bater-te no peito

Se um dia o diabo quiser
Faremos o crime perfeito
Donna Maria

2 comentários:

Carla said...

Tem à vontade
mas não sabe ser discreto.
Quero tocar o sim
mas não vou ser mais directa
e se perguntar vou negar,
se aparecer vou estar, em parte incerta!
Despi o sim
Se isso ajudar
Porque me vai agradar
Não há nada nem ninguém de quem me queira ocupar,
Não há nada nem ninguém de quem me queira ocupar.

Ah, o soro da verdade vai resultar
olha que rápido é ele a actuar
eu vou-te mostrar!

Barata e pronta
boca tonta para beijar
Apesar de ser pequena tem bom paladar.
Apesar de ser pequena
apesar de ser amena
tem bom paladar!

Eu não sei cantar,
eu não sei falar,
já soube parar, agora só sei baralhar!
Eu não sei pedir,
eu não sei cair
só sei começar, não sei acabar!
Não me sei vestir,
não me sei mudar,
sei sair à rua, mas não sei voltar!


Sem vergonha
Imprime, exprime as tuas indecências
Diz-me que sou eu!



(ouve a música tb ;)
MESA - Soro da Verdade)

alma-em-4-corpos said...

Esta tem sido a banda sonora dos meus ultimos tempos. Esta e o "facil de entender" dos Gift. Ouço até à exaustão, o problema é que nunca fico exausta de as ouvir.
Beijo borboleta

About

Mei and Arawn