Before going to bed

Monday, July 28, 2008 | 2 Comments


(you) I know how to hurt
(you) I know how to kill
(you)I know what to show
And what to conceal
(you) I know when to talk
And (you) I know when to touch
No one ever died from wanting too much
The world is not enough
But it is such a perfect place to start, my love
And if you're strong enough
Together we can take the world apart, my love
People like us know how to survive
There's no point in living
If you can't feel the life
We know when to kiss
And we know when to kill
If we can't have it all
Then nobody will I...
I feel sick...
I feel scared...
I feel ready
And heaven prepare
The world is not enough
The world is not enough.

2 comentários:

just a friend said...

Há pessoas para quem o mundo não chega...
Há pessoas para quem o amor dado não chega...
Há pessoas para quem a felicidade alcançada não chega...
Hà pessoas para quem tomar de assalto tudo o que os outros amam não chega...
Há pessoas para quem todo o mal provocado aos outros não chega...
Há pessoas para quem tudo o que são ou poderão ser nunca chega...

Há pessoas que sabem sempre onde tocar para abrir a ferida e isso também não lhes chega.
Entendo bem cada palavra desta canção, entendo bem o que é adormecer com este sentimento... de nos sentirmos enojados e assustados, de vermos o próximo como distante e o distante passar-se por próximo! De vermos o uso frio dos outros como arma de arremesso, debaixo de uma capa de beleza e inocência.
Fica um abraço apertado para quem felizmente nunca acha demais o amor que dá e para quem o carinho com que brinda os outros nunca lhe chega.

Mei said...

Há momentos em que os reflexos de alguém nos trazem à memória o seu pior lado e em que todo o nosso esforço por descobrir a beleza nos seus olhos se esvai na escuridão densa dos actos e das pequenas coisas, que se entranham como gumes invisiveis mas com um corte preciso e penetrante.
Este foi um desses momentos mas já passou. Passam sempre. Mais cedo ou mais tarde. Ainda bem que foi cedo, desta vez. :)
Mas obrigada pelas palavras meigas.
beijinhos

About

Mei and Arawn