A Chave dos Sonhos
Música: Luís Represas
Letra: Sérgio Godinho


Luz sai da frincha, é manhã
Sei que o dia já desarvora
Chave dos sonhos na mão
Olho-te e vais embora

Sais pela rua veloz
Sinto a brisa do teu corpo perto
Chave dos sonhos guardei
No quarto já deserto

Passei a noite em claro
Passei p'la noite em ti
E abri com a chave dos sonhos
A porta e a varanda que em sonhos abri

São mais confusas agora
As imagens que aqui eu tocava
Eram do sonho ou de olhar
O que o prazer mostrava ?

Chave dos sonhos na mão
Entrarei em qualquer fechadura
P'ra lá da porta, o melhor
É sempre da aventura

Guardo com a chave dos sonhos
Segredos que o corpo merece
Se alguém não quis arriscar
Então que o não tivesse

Ontem arriscaste mais
Do que uma simples coisa exigia
Deste-me a chave dos sonhos
O caos e a harmonia

4 comentários:

O Profeta said...

Uma réstia de luz no crepúsculo
Uma súplica presa na brisa
Um caminho sem fim
Pela terra da tua lembrança


Convido-te a ver o diadema da Noiva do Mar

Boa semana


Mágico beijo

golddust said...

Que música bonita.
Acho que as letras do Sérgio Godinho têm sempre uma força e uma aura únicas.
Como fiel guardadora da chave dos sonhos, vou lançar-te um desafio: contar um sonho que possas/consigas partilhar aqui. Isto se a regra da confidencialidade não tiver de ser quebrada eheeh :)bjs bons

Mei said...

Olá querido Golddust,
Já partilhei um sonho.
Está no post seguinte.

Beijinhos :* e obrigada pelos comentários que vais deixando, sempre cheios de carinho e bons sentimentos.

the philosopher said...

esta letra é tão forte...pergunto-me, quem é que te deu essa chave dos sonhos? a chave do caos e da harmonia, onde a descobriste? onde descobriste a chave que te permite sonhar e antever as coisas? a que te permite conhecer as pessoas tão fundo? noutros tempos serias um perigo a abater. há qualquer coisa muito diferente na tua energia. uma aura de paz de luz de conhecimento mas também de medo, de retracção, de auto controlo inflingido como se a tua moral fosse mais forte que a vontade. mas no fundo é sempre a tua vontade e lealdade que comanda. és um caso raro para estudo. um caso raro para conhecer. conheci-te há muitos anos, na faculdade. não te deves lembrar de mim... vou mandar-te mail para contacto, pelo hi5, onde te redescobri. gostava muito que respondesses. Talvez haja muito de bom a recordar. Espero que o arawn ainda seja aquele moço, o miguel, certo? lembro-me que eras apaixonadissíma por ele.
Sê feliz.
Rui

About

Mei and Arawn