The LHC, once formerly known as GOD

Wednesday, September 10, 2008 | 1 Comments


Entender como tudo começou não é nada fácil. A religião tem levado séculos de avanço mas hoje demos um passo de gigante na direcção do despedimento de deus como explicação última da origem do universo. O acelerador de partículas mais poderoso do mundo, LHC foi lançado HOJE, quarta-feira, no CERN, a organização europeia de pesquisa nuclear, com sede em Genebra. O objectivo é tentar compreender as origens do universo.
O polémico Large Hadron Collider (LHC) é um túnel subterrâneo entre a Suíça e a França, com 27 quilómetros de comprimento, onde são recriadas as condições registadas depois do Big Bang, fazendo-se colidir dois feixes de partículas, quase à velocidade da luz.
A experiência, idealizada ao longo dos últimos 20 anos e com a participação de uma vasta equipa de especialistas de todo o mundo, incluindo Portugal, está a ser muito criticada pelos mais cépticos, que acreditam que o LHC não é mais do que «uma máquina do Juízo Final», que pode «destruir o planeta».
Comunicado de Imprensa acabadinho de sair do CERN:
"Geneva, 10 September 2008. The first beam in the Large Hadron Collider at CERN1 was successfully steered around the full 27 kilometres of the world’s most powerful particle accelerator at 10h28 this morning. This historic event marks a key moment in the transition from over two decades of preparation to a new era of scientific discovery.
“It’s a fantastic moment,” said LHC project leader Lyn Evans, “we can now look forward to a new era of understanding about the origins and evolution of the universe.” Leiam mais aqui.

Emocionante não? Vejam o vídeo da BBC a explicar tudinho e aprendam mais sobre o LHC.
Até a Google tem um logo especial hoje, já repararam?

Agradecimento especial ao Rui Sampaio, ex-worker do CERN, que via messenger, me facultou informação preciosa sobre o LHC! :*

1 comentários:

Xana said...

Muito fixe! Há quem defenda que este aparelho pode criar buracos negros e sugar a Terra! Eu cá não sei, que não entendo nada disso. Mas lá que os nossos cientistas andam a mexer com coisas muito complexas andam. Mas sem risco não há conhecimento, não é mesmo? Muito bons os documentos e vídeos explicativos que aqui colocaste Jamaica. Muito bom. Bjinhos!

About

Mei and Arawn