À descoberta de... Kettlebell training

Wednesday, September 10, 2008 | 1 Comments

Nós prometemos que vos manteríamos a par das nossas descobertas no novo ginásio onde andamos, a Academia. Ora bem, ontem fomos experimentar o Kettlebell, que é uma bola que pesa como chumbo, como se todo o 5º dos Infernos (e restantes graus infernais!) estivesse condensado lá dentro. Eu não sou rapariga de me acagaçar com exercícios, mas confesso que até a mim me custou horrores. Depois lá consegui perceber como funcionava e acredito que na próxima aula já me vou portar à altura de um guerreiro russo!
O Kettlebell é uma peça que pertence ao mundo Antigo, onde bolas de ferro, muitas delas de peso elevado, eram usadas como peso. Os homens fortes da época usavam esses pesos para demonstrar a sua força, participando em actividades e jogos com essas peças antigas. A história detalha a presença dessas actividades na Europa desde o Século XVI, onde bolas de ferro maciças eram encontradas em feiras e mercados da época.
Porém foi na Rússia czarina que essas esferas de metal começaram a revelar sua verdadeira significância na aquisição de força e resistência (endurance). Completa com uma alça prática, o kettlebell ou Gyria tornou-se na peça essencial para qualquer Guerreiro Russo. De facto, de acordo com Pavel Tsatsouline, grande responsável pela introdução do Kettlebell training nos EUA, na Rússia czarina os termos "Strongman" e "Girevik" ou "Kettlebell man" eram sinónimos.
Quais são as vantagens deste método? Produz trabalho de força em grande amplitude de movimento. Essa amplitude de movimento exagerada provoca o Stretch reflex, o que aumenta a capacidade do corpo humano de produzir força, movimentação e agilidade Expõe fraquezas individuais (acreditem que expõem mesmo!) e promove correcções de assimetria corporal. Como a maioria dos gestos executados no Kettlebell Training é feita unilateralmente, assimetrias e compensações são muito mais fáceis de serem detectadas. Auxilia no desenvolvimento de estruturas articulares fortes e flexíveis. O Kettlebell Training exige que as articulações se estabilizem dinamicamente, o que reduz a possibilidade de lesões e permite maior eficiência na produção de força muscular. Intensifica a produção de potência muscular. Ensina o corpo a absorver força e redireccioná-la. Desenvolve antebraços poderosos e forte trabalho de pernas. Ensina o corpo a lidar com a constante mudança do centro de gravidade e melhora a condição cardio-respiratória dos praticantes.

Não se deixem enganar com a aparente facilidade com que o rapazinho do vídeo faz isto. Mesmo os kettlebell mais leves (8kg!) pesam mesmo muito e não é nada fácil. Mas vale cada minuto dispendido de esforço! ;) E claro, invistam num andarilho para se levantarem da cama no dia seguinte à 1ª aula!

1 comentários:

Golddust said...

Há mulheres de coragem!
Parece difícil. Tenho de ir experimentar isso. Confesso que sou um bocado perguiçoso e detesto esforçar-me muito fisicamente. E depois há sempre boas desculpas para não ir ao ginásio: não há tempo, estou cansado, ainda sou novo... Mas começo a precisar de me mexer ou vou ficar mesmo para tio!
Avé Maruska, a Grande!

About

Mei and Arawn