Just a Perfect Day

Sunday, September 28, 2008 | 1 Comments

Todos os dias são dias perfeitos, desde que vividos juntos. Claro que somos capazes de viver um sem o outro. Todos nascemos e morremos sós, diz-se. Mas uns vivem ou morrem sós mais acompanhados e realizados que outros. E a vida torna-se uma aventura muito mais gira e desafiante se vivida com quem amamos e com quem saboreia como nós os seus momentos. É que assim os dias enchem-se de plenitude e de significado. É que assim, nas pequenas e grandes imperfeições, nas complexas ou nas mais simples vitórias, nos dias sim e nos dias não, partilhamos tudo com esse ser que não tem território nem parcela de nós, mas que nos tem por completo e com quem nos fundimos sem hesitação, porque somos nós também o seu gesto.
É com muita emoção e uma lagriminha teimosa que partilhamos da vossa felicidade e assistimos à forma significativa e profunda com que se vivem um ou outro. Obrigada pelos dias perfeitos que nos deram a viver ao vosso lado. Que os próximos 10, 20... 30 anos sejam uma incógnita de aventuras e desventuras perfeitas e tecidos na certeza constante que é o vosso amor. Porque é preciso mesmo coragem para amar destemidamente. E vocês têm-na a rodos!
Gostamos muitoooooooooooooooooooooooooooooooo de vocês, queridos amigos!
Marisa e Miguel

1 comentários:

Gwidion said...

Juro que não tínhamos lido o vosso post antes de escrever um bem parecido... Foi mesmo um dia perfeito. Simultaneamente, a continuação e o começo de muitos! Convosco por perto. Miguel e Inês

About

Mei and Arawn